08 julho 2008

Oxidação

Tudo oxida, tudo apodrece.

Desde a peça de fruta mais suculenta, ao pão acabado de sair do forno, quente e apetecível, tudo ganha novas propriedades quando em contacto com o famigerado oxigénio. Até nós próprios.

Oxidamos aos poucos até perecer. Até perdermos os sentidos e esvairmo-nos em lamentos racionais sobre o pouco tempo que tivemos. Oxidamos lentamente, é verdade, mas oxidamos, como tudo, como todos.

O escape humano à força implícita do tempo é regenerar-se, é tentar a desoxidação, tentar inverter um processo irreversível, brincando a pequenos deuses térreos. É, no fundo, o que acabamos por ser, cirurgiões do infinito, lutando contra a inevitabilidade, lutando inconscientemente contra o destino ferrugento da nossa existência.

Neste processo de oxidação cruzamo-nos com outros e outros seres que, como nós, lutam sem saber. Primeiro começamos por ser os mais novos, depois somos mais um dos mais novos, gradualmente passamos a ser jovens, alguns dos nossos ídolos têm a nossa idade, de repente os líderes andaram connosco no liceu e os jogadores de futebol que admiramos têm metade da nossa idade, passam a ter a idade dos nossos filhos e depois a dos nossos netos para, no final, sermos o mais velho dos velhos e esperar pelo dia em que iremos dormir demais. No fim, esperamos sem fim.

A oxidação corrompe, degenera, subverte, é injusta na sua justiça.

Não há Cillit Bang que nos valha, a oxidação veio para ficar, vencerá sempre todas as batalhas.

5 Comments:

Anonymous Mary said...

Ora se a oxidação, q estraga tudo, é provoacada pelo oxigénio, se formos viver para Marte não envelhecemos?

16:47  
Blogger G! said...

pois mary, talvez, mas pelo sim pelo não, leva a tua máscara de oxigénio. é que oxidar é mau, sufocar é pior.

17:52  
Blogger purita said...

o cillit bang é a maior fraude que há!corrói tudo...constou-me!:D
dizem que os sumos compal são bons anti-oxidantes..o chá vermelho tb!

se as músicas menos boas não forem péssimas, o espiríto mix tape continua a vencer!para ouvir na viagem para o algarb!

16:47  
Blogger Jaime said...

Rapaz, quem tem nervos de aço inox não enferruja! :-)

09:54  
Blogger G! said...

jaime, isso é bem verdade, mas se tiveres nervos à flor da pele?

16:19  

Enviar um comentário

<< Home