22 fevereiro 2007

Novo Homem

Cada vez mais admiro pessoas que fazem a diferença, que lutam pela diferença, que batalham por causas em que acreditam e que trazem esperança e paz onde não existiam.
Paul Newman é certamente uma dessas pessoas.
Venerado actor seguido por uma legião de fãs, não se limitou a ser uma estrela, a servir Hollywood ou tirar os frutos do seu trabalho dormindo à sombra de uma bananeira dourada. Newman fundou em 1982 a Newman's Own uma empresa de alimentação com fins lucrativos, mas cujos lucros revertem na totalidade para obras de caridade. Aquilo que nasceu como um pequeno projecto local de caridade acabou por se tornar um verdadeiro Império do Bem, tendo doado até ao momento cerca de 200 milhões de dólares.
A marca que começou com um molho para saladas pôde expandir-se graças ao franchising, sempre com o mesmo objectivo, com a mesma constante ambição, podendo ser encontrada hoje em pipocas, molhos mais diversos, sumos de limão e laranja, bolachas, cafés, comida para animais entre outros.
Em 1988 fundou o "The Hole in the Wall Gang Camp" um campo de férias que alberga cerca de 1.000 crianças com cancro e outras doenças graves, entre os 7 e os 15 anos, gratuitamente. Anualmente são 13.000 crianças que passam por lá umas férias certamente inesquéciveis.
Além desta magnífica obra de caridade, adoptou inúmeras crianças orfãs em países desfavorecidas. Um coração enorme de facto. De referir que ao seu lado, sempre ao seu lado nestas andanças está a mulher dele, Joanne Woodward, a quem se deverá certamente muita paixão e labor nestes projectos.
O empenho de Newman faz parte deste enorme sucesso, ele que como tantos poderia viver alheado da realidade mas que preferiu abraçá-la e alterá-la sempre que possível.
Fazer a diferença, lutar por essa diferença.
Deixo aqui uma vénia sentida a este grande actor e enorme ser humano. O mundo fica mais rico com pessoas como ele.

5 Comments:

Blogger bublicious said...

Ainda bem q há pessoas como ele! Eu acredito mm q cada pessoa consegue fazer a diferença... por isso não percebo qd dizem ''não sou eu q vou mudar o mundo''... certamente o mundo será um objectivo grd demais para alguém o alterar sozinho... mas se todos nos melhorarmos a nós próprios e estivermos mais atentos ao q nos rodeia... de certeza q iremos fazer alguma diferença... e aos poucos.... vamos chegando lá!

bjnhs

18:50  
Anonymous Anónimo said...

E pessoas como tu..que dao valor a estes gestos.
Shikiteri

17:04  
Blogger G! said...

bubs, eu sei que tu és uma dessas pessoas também. Bjs

Shiki, thanks ...

17:35  
Blogger Bluedog said...

Não sabia nada desta faceta do PN. Se fez a diferença como actor, faz muito mais como ser humano e isso é magnífico, pouco reconhecido e quase que diria silenciado pelos "media sellers".

Por tudo isso, bravo G!, também tu fazes a diferença !

20:14  
Blogger purita said...

pode-se mesmo fazer a diferença!desconhecia por completo...

21:14  

Enviar um comentário

<< Home