28 janeiro 2009

Musiciados

Chamo-lhes os Musiciados.

Essa horda de pessoas que anda por aí de I-pod nos ouvidos, a todo o tempo a toda a hora. Viciados em música, viciados em som.

Sinceramente não percebo. Gosto muito de música, adoro ouvi-la no meu carro com o volume bem alto, mas prescindo dela grande parte dos meus dias.

A andar na rua prefiro os sons da cidade, o ruído próprio do movimento humano. Ao passear pelo campo prefiro o tranquilo silêncio da vegetação, ouvir o pulsar próprio da natureza. Na praia prefiro o som das ondas que não desistem de bater na areia ou o suave acariciar das marés. Na neve, ao descer as pistas, nada melhor do que ouvir a permanente retaliação dos skis ou do snowboard contra o algodão branco. No metro prefiro ir a ouvir as conversas, timidamente, em segredo.

Não preciso sempre de uma banda sonora para cada instante na minha vida. Prefiro o barulho da vida à alienação do movimento.

11 Comments:

Blogger ecila said...

Talvez tenha um pouco a ver com idade. Lembro-me de ser viciada em musica e ouvia musica em todo o lado. Hoje já sou mais selecta e aprecio o silencio. São também fases...

E concordo que não há musica que substitua as conversas que se ouvem nos transportes públicos ;-)

16:19  
Blogger G! said...

certamente que tem a ver com a idade, mas vejo tantas e tantas pessoas que se fecham "na sua onda" em vez de ouvirem aquilo que os rodeia que sinceramente me mete um bocado impressão.

isso não tirando o facto de , por estimavita, dizem que 10 milhões de pessoas na união europeia correm o risco de ficar surdas à conta dos i-pods...

as conversas nos transportes públicos são "introcáveis" por o que quer que seja.

17:29  
Anonymous Anónimo said...

bem...as conversas nos transportes eram exactamente o porquê de querer ouvir musica e estar bem alienada do real world.. quando andava de metro.
Claro que gosto do som do mar, e do silencio da neve iada iada..mas nada, mesmo nada, se compara ao som da musica.
Music was my first love, and...

kiss
cat(lálálá)

20:03  
Blogger G! said...

eu disse que adorava música (ao contrário do Mário Soares) mas não preciso de estar sempre a ouvi-la

10:38  
Anonymous Anónimo said...

Chamos-lhe ou Chamo-lhes?!?!

15:52  
Blogger G! said...

chamo-lhes...

16:21  
Blogger Daniel Silva (Sair das Palavras) said...

Concordo em absoluto. Alienad@s do real, num mundo só seu. Gosto mais da partilha, e os "musiciados" de que falas parecem sempre zangado@s com o mundo...

Pessoas que me lêem publicamante e me honram por isso: acabou por ser o título em vez de apenas "Amigos" dado que novas pessoas poderiam pensar nao pertencer a um grupo restrito, e que todas se tornam amigas no momento em que me "seguem" ;)

Posso fazer-te uma pergunta pessoal? Estás em Portugal?

Ab

21:20  
Blogger G! said...

Daniel estou em PT sim, mais concretamento em LX. a barra de lado são as aventuras que de quando em vez actualizo de um alter-ego meu, agente secreto da Mossad.

Abraço

14:13  
Blogger JCD said...

Deixo apenas um abraço____________________

__________assim

17:26  
Blogger b said...

Por falar em ipod, tenho que pedir o meu de volta, emprestei-o há um par de anos..:-).

A questão G, é que o alheamento é uma espécie de "new way of life", e que ultrapassa o sonoro...:-S.

22:29  
Anonymous Anónimo said...

Ora que é que te impressiona mesmo??? alienados com ipod's? ;)
As vezes faço isso. Ando pela cidade e muitas vezes ao fim-de-semana vou andar a pé para a Baixa e levo os Phones espetados nos ouvidos...não gosto do termo ipod por motivos óbvios...mas não consigo pensar com barulhos....

Não me faz impressão é uma espécie de fuga e musica não foi a minha 1ª paixão mas foi uma delas e continua a ser.

Phones mesmo que não use andam sempre na mala , gaja que é gaja é como o Sport Billy
Bom fim de semana

Y

04:06  

Enviar um comentário

<< Home