15 dezembro 2008

A boa acção de Natal

Para mim, e cada vez mais, o Natal é sobretudo para pensar nos outros, nos menos afortunados e desprotegidos. Muitas das pessoas que igualmente têm esse espírito natalício, e igualmente durante todo o ano, fazem-no sobretudo a pensar nas crianças, nos idosos, nos seres humanos mais carenciados o que é de louvar.

Eu prefiro pensar nos animais, sobretudo porque existem poucas pessoas a pensar neles. É pena, mas é mesmo assim. Muitas associações dedicam-se a recolher cães e gatos abandonados, a tratá-los, a vaciná-los e a dá-los. Muito pouco apoio recebem, para não dizer nenhum e a maior parte das vezes não conseguem dar os animais que se vão acumulando em condições menos nobres.

Este ano preferi pensar na causa e não no efeito, por isso contribuí para a Associação Animais de Rua que se dedica sobretudo à esterilização dos animais de rua, parando a proliferação de diversos animais que serão invariavelmente deixados à sua própria malfadada sorte.

Peço-vos para passarem por aqui http://www.animaisderua.org/loja e que comprem os peluches que nós doámos à associação para angariar dinheiro. Se não quizerem comprem outra coisa porque a mais pequena ajuda é sempre bem vinda e os preços vão dos 1,5 Euros aos 350 Euros.

Façam-no, peço-vos, porque sinceramente não nos custa muito e ajuda muitíssimo.

8 Comments:

Blogger purita said...

há espaço para todos!:)

23:02  
Blogger G! said...

normalmente não há...

10:31  
Anonymous Anónimo said...

Já fizemos ;).. na loja da Cat.
Bjs. Inês e Rodrigo

13:34  
Blogger G! said...

...eu sei...

mt obrigado

15:59  
Blogger Bluedog said...

OK, tratarei disso, bonzão G!

23:44  
Anonymous Anónimo said...

G, olá como tens passado? Muito bem espero eu.
Passei aqui para dar-te um forte abraço e dizer que apesar de não dar noticias isso não quer dizer que me esqueça de quem me trata bem.Não me esqueço de todos vós.
Em relação ao tema que aqui apresentas, só queria deixar a minha opinião que vale o que vale.
Na maneira que andamos, isto esta péssimo, mas sei e vejo que muitos por ai há que não tem mesmo nada.O ser humano e brutalmente egoista pois temos sempre a tendência de nos lamentar e chorar pelo que não temos, mas será que já paramos para pensar que há pessoas que ainda estão pior do que nós? E a isto que me refiro no termo "egoistas". E parece-me ( se estiver errado peço desculpa) que é sempre o mais pequeno que tem tendência para ajudar aqueles que nada ou quase nada têm. e sempre o Zé- povinho que ajuda e partecipa nas campanhas humanitarias. O que quero dizer é que os ricos tornam-se cada vez mais ricos ( os gestores do BPN) e o povo, isto e aqueles que andam sempre ou quase sempre aflito pois o dinheiro quase não dura um mês e que tem estas mais nobres atitudes de ajudar quem de facto nada têm!

Um abraço e continua a escrever como o fazes!
Pinochet

13:01  
Blogger G! said...

grande Pinochet, como vais? acredita que a Matilde sem ti já não é o que era...

tens toda a razão, normalmente são os mais desfavorecidos que ajudam bastante os ainda menos favorecidos, mas penso que cada vz mais essa tendência se está a inverter, no entanto, e voltando ao tema do post, os animais pouca gente ajuda.

Abraço e Feliz Natal para ti a toda a famelga.

13:08  
Anonymous Anónimo said...

pinochet!!!!!!!
hello!
um bj grande e bom Natal!

cat

16:51  

Enviar um comentário

<< Home