08 agosto 2008

Creep

Às vezes é como me sinto.

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

optima musica...das melhores..
de creep nao tens nada. Absolutamente nada.

14:34  
Anonymous Anónimo said...

....de paquito talvez...;)

Adios senor..

(lembras-te deste concerto?)

cat

14:35  
Anonymous Anónimo said...

GI,

Ja tinha saudades de ouvir alguns dos teus pensamentos ( algum tempo q n vinha ao pc ler os meus favoritos).De facto, adoro esta musica e sim, todos nós de vez enquando nos sentimos assim, nem que seja por qualquer decisao que va ao encontro de nós e ao desencontro dos outros, mesmo que muito próximos. Nao se percebe porquê e faz-se um esforço. par isso. E tao dificil ( pelo menos para mim ) interiorizar que agimos também de acordo com o que sentimos e que isso não é traduzido em lógica. Pelo que leio e sinto de ti, pareces-me uma pessoa mto interessante e preocupada em trazer verdadeiro valor actrescentado a este mundo caotico de que fazemos parte e para o qual também contribuimos.Obrigado pela teu contributo atraves deste blog, pelos duvidas, por fazeres pensar e dar um perpectiva muito propria com sentido de humor.Obrigado pelas verdades cruas que as vezes sao expostas e importam para despertar.Obrigado pela tua entrega. Nimary

12:35  
Blogger G! said...

obrigado

11:32  

Enviar um comentário

<< Home