16 novembro 2006

Voiding

Estou a pensar escrever um livro sobre uma nova tendência na gestão das empresas: o voiding.

A determinação "voiding", advém de "avoid" e aplicado à actividade usual nas empresas em Portugal significa: evitar qualquer tipo de trabalho e mesmo assim ter uma carreira fulgurante.

Como? Graças ao voiding esse sonho é possível.

Já defini alguns capítulos que deixo aqui à vossa consideração:
  1. O curriculum vitae, aprenda desde cedo a enganar
  2. A entrevista, mostre aquilo que não é
  3. O primeiro dia, estudar o ambiente
  4. Integração na empresa, faça amigos rapidamente
  5. Imagem e apresentação, seja outro
  6. Amizades desejadas, restrinja o seu núcleo
  7. Comunicação horizontal, falar com os doutores
  8. Comunicação vertical, ignore os colegas simpaticamente
  9. Informação, aprenda a sonegá-la
  10. Imprimir, sempre e tudo
  11. Influenciar, saiba como e porquê
  12. Manipular os horários ou como trabalhar das 8 às 22
  13. Férias, aproveitar a ausência dos outros
  14. O computador, o seu melhor amigo
  15. Internet, fingir que trabalha
  16. A pausa café, porquê 10 mn se podem ser 30?
  17. Como lidar com os consultores
  18. O project, é possível trabalhar sem ele?
  19. A acta e a agenda, ferramentas essenciais
  20. As reuniões, falar sem dizer nada, decidir sem assumir
  21. Revistas e livros essenciais para espalhar pela secretária
  22. O final do dia, sair depois do patrão
  23. O golfe, essa instituição
  24. Chegar a casa, o último telefonema
  25. Glossário de terminologia anglo-saxónica essencial para qualquer meeting

9 Comments:

Blogger Catwoman said...

muito bom!
nao percebi o chegar a casa?o ultimo telefonema?

13:54  
Blogger G! said...

sim, chegas a casa e telefonas ao boss a dizer: "chefe lembrei-me de uma coisa que podíamos fazer para a nossa promoção de Natal" mesmo que te tenhas lembrado durante o dia de trabalho. o objectivo é o boss pensar "este gajo está sempre a bombar!"...

tenho alguns exemplos de voiding aqui bem perto de mim

16:18  
Blogger Catwoman said...

pois, para mim, como deves calcular é dificil perceber certas coisas que se passam nesse deprimente submundo empresarial..

17:12  
Blogger BB said...

Fantástico!!!Como sempre!

18:29  
Blogger BB said...

E os almoços de negócios???ahahah,e o tempo que as reuniões duram?É de correr à estalada!!!

18:33  
Anonymous Anónimo said...

ta budista hoje?ta zen?
Good!

cat

15:20  
Blogger Bluedog said...

Brilhante, meu caro G!

Está lá quase tudo...dar sempre prioridade ao chefe ( uma vez não dei, o gajo bateu-me com o carro e eu é que tive de pagar, pois então, "nós depois resolvemos isto lá na empresa" resultou em "o que é que você estava ali a fazer quando eu ia cheio de pressa ?" .

A verdade vem sempre ao de cima,G!

Voiding or not voiding, that's the question !

21:42  
Blogger Giso said...

Vou implementar o voiding. Vai-me dar imenso jeito. Bjs

00:35  
Blogger Bord@s said...

Hum.. isso aqui funciona se trabalhares num sistema sem trackers.

Aqui tens mesmo de bulir senão tás feito, lol !

15:03  

Enviar um comentário

<< Home