06 outubro 2010

Mina


Fazes hoje um ano minha querida Mina.

Infelizmente, porque as andanças da minha irmã, tua Mãe, assim o ditam, não posso estar contigo hoje. Estive aí o ano passado a ver se te via nascer, mas foste teimosa e só saíste uma semana depois de eu partir. Essa teimosia sei a quem sai, é um pouco de família.


Entretanto soube que me quiseram como teu Padrinho. Erro crasso...ahahah! Fora de brincadeiras, nada me orgulha mais do que sê-lo.


Queria poder agarrar-te hoje e dizer-te silenciosamente ao ouvido que te amo, mesmo assim ao longe, que significas muito para mim, apesar de praticamente não me conheceres. A tua Mãe que te conte, eu até sou um gajo porreiro, e ia fazer-te rir de certeza, brincar muito contigo e ensinar-te a dizer "Tio Gonçalo".


Espero que as nossas vidas se cruzem mais vezes, eu que viajo pouco e tu que viajas muito, e que consiga ver ao vivo o teu sorriso, partilhar as tuas brincadeiras, abraçar-te, olhar para ti e tentar vislumbrar as parecenças familiares.


Até logo Mina.


Que tenhas um fantástico dia neste teu primeiro aniversário, muitos e muitos mais virão certamente. Conto estar contigo na maior parte deles.


Beijos grande do Padrinho.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

olá padrinho!MUITO OBRIGADA PELA TUA CARTA!
gosto muito de ti!
QD TIVER TEMPO ESCREVO MAIS;OK
quellschutzgebiet para ti!

09:00  
Blogger G! said...

quellschutzgebiet vai tu!

bjs grandes Mina

14:03  

Enviar um comentário

<< Home