28 maio 2009

POUS!

(o post é comprido, eu sei, bare with me)
Anteontem tive o extremo prazer e deleite em ouvir numa das nossas rádios nacionais uma extensa entrevista à Exma. Sra. Carmelinda Pereira, auto-intitulada "dirigente histórica" do POUS, Partido Operário de Unidade Socialista.
Primeiro uma recomendação aos dirigentes, históricos ou não, do POUS: "POUS" soa demasiado a "pus" e associar-se a pus, em política, não pode ser boa ideia.
Concorrente às eleições europeias, a Carmelinda do seu nome revelou as três pedras basilares do partido para a nova Europa e os desafios vindouros. Assim, e conforme a ordem do site oficial, o partido defende:
- a proibição dos despedimentos
- a união livre das nações soberanas de toda a Europa
- a ruptura com a União Europeia
Alguns comentários a estas três propostas:
"Proibição dos despedimentos". (Primeiros risos algo contidos).
Quando questionada sobre esta questão pela jornalista, Carmelinda vociferou do seu tom agudo que se estivesse no poder proibia os despedimentos, assim, sem mais nem menos, sem creme, sem nada. "Mas e então quem é que se responsabilizava pelos trabalhadores quando uma empresa falia?" pergunta a jornalista. "O ESTADO, O GOVERNO!, AS MULTINACIONAIS!". Claro está. Defendia a Sra. Pereira que a proibição dos despedimentos daria mais segurança no trabalho o que permitiria aumentar a produtividade. Isto sim é um partido que conhece o verdadeiro trabalhador português. Estou mesmo a ver: "Querido, não vais trabalhar hoje? Nãã...hoje está sol, acho que vou um bocado à praia... E não vais ser despedido? Não podem, é proibido agora". Pois. Uma medida sensata para um Portugal de futuro.
"Ruptura com a União Europeia". (Segundos risos, já menos contidos).
É sempre bom defender a ruptura e a desagregação daquilo a que se concorre. "Eu sou candidato, mas é para partir aquilo tudo!". Pelo menos aqui a dirigente histórica tem ideias claras sobre o assunto. Quer a ruptura e pronto. Estamos melhores sem eles. Mas esperem, não acaba aqui. A jornalista aproveita a deixa e questiona: "Mas então acha que Portugal deve devolver os largos milhões em fundos comunitários de que o país beneficiou?". Carmelinda, quase ofendida responde: "QUAL DEVOLVER?!" (só faltou mesmo o "qual carapuça!"). E continuou: "Devolver para quê? O que é feito da nossa agricultura? O que é feito da nossa pesca e da nossa indústria? Ainda nos devem é dinheiro a nós". Pois pois, POUS, isto quando toca a dinheiro é tramado, sobretudo quando toca a devolvê-lo.
"União livre das nações soberanas de toda a Europa".(Risos desprendidos, assim à desgarrada).
Esperem. Marcha atrás... "bip...bip...bip". Ou muito me engano mas foi a "união livre das nações soberanas de toda a Europa" defendida pelos elementos do POUS (quantos serão na realidade?) que fez com que fosse criada...A UNIÃO EUROPEIA?! Isto de ser do POUS é tramado. Eles no fundo querem uma União, mas não esta. Querem uma união de trabalhadores, por trabalhadores, com trabalhadores que pouco trabalhariam se os seus trabalhos fossem assegurados para a vida.
Aproveito para os convidar a visitar o site do POUS. Na home page aparece uma grande bandeira vermelha do partido com um forte punho erguido. A página refere: "para entrar clique no punho". "Para entrar clique no punho"???? Ehehehehehe. Muito bom. (Aqui já estava em lágrimas).
Pela originalidade das suas propostas estou seriamente a ponderar ir votar na Carmelinda (que tem um santo nome ainda por cima).
Do meu lado, e inspirado pelo espírito democrático e humorístico do POUS decidi criar o POIS: "Partido Oposicionista de Inclinação Sarcástica". Aguardem novos desenvolvimentos quanto a este tema no Planeta dos Macacos.
POUS! POUS! POUS!!

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

sempre gostei do POUS...o nome é lindo..devia ser pus.
É uma gente doida. Sempre foram.

E depois sao daqueles que têm ideias maradas porque sabem que nunca irao ser eleitos.
Se fossem metiam a cabeça num buraco com medo.

Havia de ser bonito nao poder despedir ninguém!
Uma stripper de 97 anos no poste hein?

Bada Bing! lol!

bjs

cat(ainda e sempre efectiva neste blog)

PUS! PUS! PUS!

01:11  
Anonymous Anónimo said...

Ah! esqueci-me...o "Devolver?!!" tb é brutal!...
Enfim...é a merdaleja no seu melhor.

01:13  
Blogger ecila said...

he he he, nunca tinha ouvido falar no POUS, que mau nome meus senhores! A minha preferida é mesmo a ruptura com a Uniao Europeia. Nada como ser candidato a algo que se quer eliminar!?! Muito boa mesmo.

19:13  
Blogger b said...

ahahahhahah!!! vou já espreitar!!!

23:10  
Blogger G! said...

a stipper de 97 anos no poste é muito boa, ehehehe

querer candidatar-se aquilo que se odeia...o que diria freud?

20:04  
Blogger Giso said...

POIS! POIS! POIS!

Vais votar POIS?
Pois.

02:29  
Blogger G! said...

Sim Gi, o nosso lema é "Vote Pois, pois!"

11:15  

Enviar um comentário

<< Home