08 janeiro 2007

Paper Street

Na senda da gloriosa imposição do Voiding como trend global na gestão contemporânea, aqui deixo mais uma técnica infalível.
Quando o trabalhador preocupado quizer ir tomar um café, leve algum tipo de papel consigo.
Na verdade, basta uma única folha para que a sua ida ao café seja credívelmente considerada como uma entrega de documentação noutro departamento. A folha pode mesmo ser em branco, embora não seja ideal, mas um colega ou superior ao vê-lo a abandonar o escritório com uma ou duas folhas cuidadosamente e apressadamente transportadas na mão pensam: "aí está um gajo empreendedor".
Sim, porque o passo com que o faz também tem que ter o seu ritmo e é fundamental para o sucesso desta técnica: um passo mais lento não resultará enquanto que um passo mais acelerado garante que seja visto e considerado com os devidos olhos.
Embora esta técnica só possa ser utilizada para as idas ao café em solitário, ou no máximo com um colega de grande confiança igualmente adepto do Voiding, permite-lhe que uma ida de 5 minutos se possa despreocupadamente transformar num descanço sagrado de 25 minutos. Se conseguir conjugar esta técnica com a famosa caneta Bic no canto da boca com tampa invertida pode imediatamente aumentar os 25 em mais 15-20 minutos pois além de ir entregar algum tipo de documento está a mostrar que vai igualmente trocar ideias acerca do mesmo e que vai tomar apontamentos.
Esta técnica aumenta de eficácia quanto maior o número de folhas, com alguma moderação claro está. O ideal é mesmo transportar um caderno inteiro que transmite a ideia de que se está a dirigir a alguma reunião. Aí o tempo de ausência já pode assumir o formato de horas.
A usar com alguma moderação, pois a presença demasiada assídua no café pode levar a que um empregado zeloso pergunte por si a outros colegas e conversas sobre o adpeto do Voiding, mesmo que anodinas, são sempre indesejáveis.
Mais uma pérola do Voiding.

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

I voidyou very much....
isto tem tudo muita graçinha mas é á conta disto que nunguem faz nestum neste país..

bjs mari

21:12  
Blogger BB said...

mas onde é k trabalhas???na função pública???tenho alguns por lá k já tentaram tds essas técnicas e k fui desmontando...agora fazem td "na lata"...what's worse?

01:13  
Blogger G! said...

bb, atenção, eu posso escrever sobre o Voiding mas não o pratico.

as técnicas do Voiding são fruto de uma profunda análise interpessoal e interdepartemental nas várias, inúmeras, empresas por onde passei.

as técnicas do Voiding são eficazes quando não existe grande confraternização entre colegas. nas empresas onde existem grupos estanques que se deslocam todos para o café ou todos para o almoço, é muito difícil a sua implementação

11:17  
Blogger Bluedog said...

To avoid the voiders, that's the state of the art.

17:08  

Enviar um comentário

<< Home